Mãe

Há qualquer coisa de muito engraçado nesta palavra. Costumo achá-la ternurenta, amorosa (amorosa de cheia de amor, e não de apenas algo "querido", como vulgarmente usamos a expressão).

"Mãe" tranquiliza, apazigua, sabe a colo. Sabe a mimo e chocolate quente em dias de chuva.
Gosto muito de ser mãe, gosto muito porque vejo que traz à superfície as coisas que mais gosto em mim e que mais me fazem feliz.

Ser Mãe não me ofusca, não me prende, não me faz sentir menor e sobretudo não se sobrepõe a mais nada do que eu queira ser (ou fazer).

Se vivo em constante preocupação e sei que será sempre assim? Sim. Mas vivo sobretudo a pensar no bem que os meus filhos me fazem (apesar de me cansarem de morte), e no que quero para a minha família.

Ser Mãe nas redes sociais é uma imagem linda de uma mulher perfeitamente arranjada ou "género" Pinterest com aquele cabelo meio caído meio arranjado, meio boémio. Com o ar mais sereno. Maquilhada, imagem perfeita, bebé lindo e sorridente. Brinquedos de madeira, quarto decorado até ao último detalhe.

Todas sonhamos com estas imagens, com os frames das férias, dos bebés que amam água, das fotografias ao pôr do sol.

(E ainda bem que existem, para incentivar um pouco a natalidade, para destoar menos quando me passeio com 4 crianças na rua, e as caras de algumas pessoas são tão denunciadoras da nossa "loucura")

Mas neste roll de imagens bonitas escondem-se mil e uma opções. Algumas difíceis outras mais simples. Um jogo de cintura para lidar com filhos e feitios. Outro para lidar com a família e opiniões, e mais outro para trabalhar um casamento. Por isso, sejam espertas, fortes e tolerantes. Rodeiem-se de coisas bonitas, imagens inspiradoras e pessoas que vos façam bem.

Ser Mãe é muito mais do que ter escolhido uma grande prisão.



Ao conforto das mães

 A minha sugestão para o dia da mãe: ecco shoes



Acho que todas nós, a partir do momento que somos mães, sabemos que alguns sapatos vão ficar na gaveta mais tempo.

Nos últimos anos tenho preferido sempre o conforto, qualidade e, claro, alguma elegância.

Os meus pés e a minha vida não são melhores amigos de sapatos desconfortáveis, saltos altos ou algo parecido. Por isso prefiro procurar sapatos leves, confortáveis, resistentes e bonitos.

Gosto de cores claras e estes da ecco vieram colmatar essa falha no meu armário, estes mais clássicos e desportivos, em pele, são os meus melhores amigos por agora!


Adoro estes últimos! São um rosa/ lilás muito suave, em pele também, que se moldam muito bem ao nosso pé, e jogam lindamente com qualquer toilette!

Se ainda não têm presente para as vossas mães, este é um presente fantástico!









Le Petit Chiffon Summer


















Ser embaixadora de uma marca como a Le Petit Chiffon deixa-me muito orgulhosa. 
O algodão biológico é muito suave e é o que mais gosto de usar na Graça e no Sebastião que têm pele atópica.
Tem soluções muito boas que acompanham o crescimento dos nossos bebés e permitem que a roupa dure mais tempo. Duas medidas de molas :)
Pensa no que é mais prático mas sempre, sempre bonito e com detalhes amorosos.

Fotografámos a nova colecção e a Lavandiska com as suas colchas, almofadas e toalhões de banho, alcofa e lençois não poderia ter sido melhor companhia para o pano de fundo desta sessão!

A origami trouxe os brinquedos de madeira mais giros e já está! :)

Corram a encomendar, e estejam atentos porque vêm ainda mais novidades!

Private Workshop

A C não conseguiu estar em algumas das datas dos workshops que fiz, por isso, e como tem disponibilidade durante a semana, reservámos uma manhã num café simpático (Café Tintin), a C trouxe a filha mais nova e durante 3h falamos sobre fotografia, técnica, ideias, luz, ISO, abertura, velocidade... e ... filhos!
Foi muito bom, já não foi a primeira vez (adorei a primeira que fiz, à querida M), e deu-me esta ideia de tentar fazê-lo mais regularmente, às mães que estão em casa com os filhos, ou que podem tirar uma manhã durante a semana.

Seria um "all in one". Workshop e sessão fotográfica. Conversas e ideias. Porque não? (se estiverem interessadas, enviem mensagem, apesar de precisar de uma licença prolongada, um workshop por semana não "mata" ninguém)


















You are my favorite person (you 4)

"mummy and me"
by
parfois