A família by L

Diz-se que começa pelos 3 anos, uma cabeça de onde saem os braços e as pernas.

Ontem chegou as 9 da noite ao meu atelier, não conseguia dormir porque o mano estava cheio de tosse. Arranjei-lhe um cantinho uma mesa e uma cadeira, folhas e umas canetas que ainda estavam por abrir do natal (ficou histérica de contente) e 5 minutos depois começou, esta é a mãe, outro papel.. este é o pai... outro papel.. este é o mano... e por aí fora!

(que orgulho, que orgulho)... não fosse ela filha de uma artista e mãe aparvalhada pelos filhos que tem!

Hoje antes do jantar estávamos os 4 no quarto deles no chão a brincar, eles de pijama e de banho tomado e nós a olhar para eles. Ela a jogar o dominó (que a tai deu e ela adora adora), e ele a tentar invadir o jogo (imaginem a guerra), queria ir buscar a câmara e tirar uma fotografia, filmar, fazer qualquer coisa. Ainda me debati 5 segundos. Mas a verdade é que estava tão feliz assim, a viver aquele momento que não ia durar muito mais do que 10 minutos que me deixei estar e fiquei só ali a olhar para eles e a rir-me, sem evitar que o gordo chateasse a L, sem evitar que a L batesse no gordo. Aproveitei e por uns minutos aproveitei a minha família. Sim, somos mesmo tão felizes. 

1 comentário:

  1. A-DO-RO os desenhos da L!!

    Muito muito bom! Quem sai aos seus...... ;)

    ResponderEliminar