Painting

Em modo "out" para conclusão de duas encomendas de retratos de família, que mais tarde vos mostrarei. I wish: que as crianças não voltem a ficar doentes pelo menos até sábado (2 marcações e os anos do gordinho); Se forem mesmo muito queridas me dêem a próxima semana para acabar estas pinturas.

A pintura é o meu terceiro filho. Olho para ela todos os dias e chama por mim. (Está sempre em conflito, quero tanto e não quero). Gosto tanto tanto tanto mas dá-me cabo dos nervos, li-te-ral-men-te. E, por isso, quando tenho mesmo que o fazer preciso de saber que vou ter todo o tempo do mundo, a casa vazia, as crianças na escola. MAS MESMO. Sem as educadoras a ligarem dia sim dia não, ai é uma ramela, ai é uma ranhoca, ai é uma tosse, ai é um febril de 37,5. Ai são umas pintas mãe, assim não pode estar aqui. Pois não, eu sei, e cá estão eles semana sim semana não, sem prognóstico, até à próxima!

Mas hoje é o dia, digo eu.

Quem me encontrar cheia de tinta nas unhas e nos meus sapatos e calças preferidas, não se admire, e bom sinal! (as crianças estão saudáveis e eu a pintar).

Bom dia, eu vou entrar em conflito!

Sem comentários:

Enviar um comentário