Engrácia Cardoso no Ties

Como prometido, mais uma das muitas entrevistas que ainda vão ser publicadas no Ties.

Conheci o trabalho da Engrácia quando tinha 18 anos e ingenuamente achei que poderia ter alguma hipótese de ser seleccionada para o Prémio jovens Pintores promovido pela Fidelidade. Enviei dois trabalhos e não foram seleccionados. No entanto, fui à exposição e adorei o Grande Pémio, atribuído à Engrácia. Nunca mais me esqueci do seu trabalho e do seu nome. Anos depois, já casada, ao lado de minha casa é inaugurada uma exposição da Engrácia. Anos depois, descubro que foi mãe.

Estivémos juntas. A Engrácia não é uma mulher consumista, nem para ela nem para o filho, a sua preocupação não é a decoração impecável da sua casa, ou a roupa que o filho veste, uma vez que na sua maioria foi herdada. A sua vida é o seu trabalho, e agora, o G, que tanto adora! sim, é uma sessão diferente, mas de alguém com um mérito e esforço imenso, e que tem imenso para mostrar.

Espero que gostem!



 

2 comentários:

  1. Gosto tanto Catarina !!! Aprecio tanto o trabalho...o mundo das artes fascina-me....Obrigada por nos "apresentar" a Engrácia :)

    ResponderEliminar
  2. Adorei conhecer um pouco do trabalho da Engrácia Cardoso, muito interessante! Parabéns pelas suas escolhas (profissionais e pessoais) e pelo filhote lindo!

    Beijinhos

    ResponderEliminar