As vezes acontecem coisas que não sabemos nem queremos escrever sobre elas. Não pensava escrevê-lo aqui, mas se partilho as coisas boas, as más também fazem parte do caminho.

Com poucas semanas de gravidez encontrei um nódulo perto da orelha. Fui ao médico, fiz uma eco e o diagnóstico foi uma parotidite. Sem grande confiança e certeza do diagnóstico aceitei.

O ZM estava òptimo, a ecografia das 12 semanas impecável, uma energia inacreditável.
10 dias depois soubemos os resultados das primeiras análises; toxoplasmose positiva, avidez fraca (contacto há pouco tempo com o parasita); ficamos assustados q.b, sabíamos que as possibilidades de passar para o bebe eram apenas de 15% durante o primeiro trimestre e por isso evitámos o alarmismo. Percebemos também porque tinha afinal aquele nódulo: eram os gânglios linfáticos aumentados devido à infecção e não uma parotidite.

Começar a tomar antibiótico para evitar a transmissão para o bebe.

Há umas semanas deixei de senti-lo, não quis pensar muito, com 16 semanas era cedo, podia não ser...
Pressentia o pior, mas não acreditava que pudesse ser verdade.
Ontem tivemos consulta, e o que mais me assustava confirmou-se...

A toxoplasmose chegou ao bebe, e os danos teriam sido terrivéis se tivesse sobrevivido. Todos dizem que a natureza agiu, que foi melhor assim...

Mas custou e continua a custar muito, vê-lo tao disforme, sem batimentos, sem liquido, depois de o termos visto tao bem.

Foi um pequeno pesadelo, pressentir tudo isto e depois tudo se confirmar.

Estamos a digerir tudo isto, a esperar, e a tentar não pensar muito...

Nem sei como acabar este post, amanha será melhor e depois tambem.....

43 comentários:

  1. Ohh querida, muita força e muita coragem!
    Estou grávida de 29 semanas e já é o 2º caso de perdas que leio hoje...
    Que tristeza!
    Consola-nos saber que a natureza sabe o que faz...

    Abraço muito apertado! :)

    ResponderEliminar
  2. Catarina, um beijinho ENORME para ti. Do vosso tamanho :)

    ResponderEliminar
  3. Querida Catarina, muita força neste momento triste... Tem uma família linda e por mais que seja injusta esta situação não se esqueça de todas as coisas positivas que estão à sua volta! Amanhã é outro dia... um beijo mto grande

    ResponderEliminar
  4. Um abraço bem apertado e muita força para suportar a dor da perda. Agarre-se à vida, aos seus filhos e marido e tenha esperança num futuro mais risonho.

    ResponderEliminar
  5. Eu também acredito que a natureza sabe o que faz, mas nestes momentos é dificil! Conheço essa tristeza...
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  6. Meu Deus... nem sei que diga. Sinto muito. Estou grávida de quase 12 semanas e não sou imune à toxo, e tenho tanto receio... Sinto mesmo mesmo muito... um beijinho muito grande.

    ResponderEliminar
  7. Catarina, um beijinho muito grande.... nem consigo imaginar a dor que sente! Um beijinho grande também para os Gordinhos.

    ResponderEliminar
  8. 1 grande abraço e muita força!
    Não há palavras suficientes para a consolar, bem sei :(

    ResponderEliminar
  9. Beijo imenso.
    Para ti.
    Descansa muito e pensa nos teus filhos lindos.

    ResponderEliminar
  10. Catarina, nem consigo imaginar a vossa dor...Um abraço a toda a familia..

    ResponderEliminar
  11. Costumo vir ler este blog muitas vezes, normalmente não comento os posts mas neste caso não consigo deixar de enviar uma mensagem de força!
    Beijnhos
    Filipa

    ResponderEliminar
  12. que pena. muita força e muito descanso.

    ResponderEliminar
  13. Um abraço bem apertado do tamanho do universo. Nestas alturas, nada nos eleva a alma. Gosto muito de si, Catarina.

    ResponderEliminar
  14. Um grande beijinho Catarina! Muita força!...

    ResponderEliminar
  15. Já leio o blog há uns tempos e nunca fiz nenhum comentário, mas hoje não poderia deixar de mandar um grande beijo de muita força neste momento das vossas vidas. Por vezes a natureza actua sem nós sabermos o porquê das coisas. Um beijo grande para todos voces :) Carolina

    ResponderEliminar
  16. certamente que o sorriso lindo dos filhotes vai ajudar a ultrapassar esta fase mais dificil. muita força !
    beijinho

    ResponderEliminar
  17. Um beijinho Catarina e um abraço apertado. Amanhã será melhor..

    ResponderEliminar
  18. Olá Catarina.. Sigo o blog há alguns meses e nunca deixei um comentário, mas neste momento sinto que o deva fazer. Por muito que as nossas palavras não afastem a tristeza que sente espero que sirvam para lhe dar lhe algum conforto neste momento tão doloroso e triste. Vocês têm uma familia linda e vão conseguir dar a volta por cima. Não sei se acredita no destino, mas eu sim! Força e coragem! Um beijinho cheio de carinho**

    ResponderEliminar
  19. Olá, passo por aqui há já algum tempo e por isso parece que a conheço um bocadinho e que faz parte da minha vida também, fiquei triste, mas nem consigo imaginar o que sente neste momento. Mas acredito cada vez mais que uma mãe sabe e sente muitas coisas antes de as ter confirmadas. Muitos beijos e muitos parabéns pela sua linda família e trabalho.
    Suzana

    ResponderEliminar
  20. Catarina;)
    Pense que não estava destinado e olhe para os seus filhotes lindos e maravilhosos para ter força;) é uma grande dor, mas vai ter com certeza mais oportunidades de engravidar e de aumentar a sua linda familia;)
    Descanse e recupere;)

    ResponderEliminar
  21. Oh meu Deus, Catarina, que coisa tão triste... felizmente tens uma família grande e unida ao pé de ti que te vai ajudar a passar este dificílimo acontecimento. Um grande beijinho para todos, Constança

    ResponderEliminar
  22. Olá Catarina, eu também sou das que anda sempre por este cantinho, mas sem deixar comentários, porém hoje não podia passar sem te dar uma palavra. Sinto muito pelo que aconteceu, é sem dúvida um momento muito doloroso para vocês, mas como já foi dito, vocês têm uma família linda maravilhosa e juntos vão ultrapassar este momento tão difícil. Eu também acredito que a natureza age quando é preciso e que se assim foi, foi o melhor, mas também sei que custa mesmo muito aceitar. Força minha querida, eu admiro-te muito mesmo. Um abraço apertado*

    ResponderEliminar
  23. Sigo o seu blog, mas nunca tinha comentado nenhum post. Queria deixar um beijinho muito grande com muita força para ultrapassar esta perda.

    ResponderEliminar
  24. Catarina, não existem palavras de consolo para estas situações. Infelizmente ninguém está livre disto..
    a minha mãe apanhou toxoplasmose quando estava grávida de mim e já no final da gravidez.
    na altura, há 32 anos atrás, a medicina não previa nem diagnosticava as doenças como hoje em dia.
    Acharam todos que eu ia nascer cega, derivada dessa maldita doença e o início da minha vida foi a fazer exames à vista... isto em áfrica :-|
    não há consolo possível, simplesmente que és muito nova e graças a Deus tempo não te falta para ter mais bebés.
    A verdade é que a natureza sabe o que faz por muito que nos custe e não a consigamos compreender.
    Agarra-te muito aos teus outros bebés..
    bjinhos e muita força!

    ResponderEliminar
  25. Amanhã será sempre melhor Catarina e concerteza outras oportunidades de maternidade surgirão...xi coração!

    ResponderEliminar
  26. Sigo o/os seus blogs há cerca de dois anos, venho todos os dias à procura de novidades e parece que já conheço a sua família desde sempre. Nunca tinha comentado nada, mas fiquei tão triste que não poderia ler e 'ir embora' sem deixar uma palavra de força!
    Um beijo enorme Catarina!

    ResponderEliminar
  27. Um beijinho muito grande de força e coragem, amanhã será um dia melhor!!

    ResponderEliminar
  28. Catarina,

    Que notícia tão triste. Vou rezar pelo ZM e para que se recomponham depressa.
    Não sei o que é essa dor só consigo imaginar mas tens a sorte de ser muito nova e por isso tens o tempo a teu favor.

    Um grande beijinho, meu, do Pedro e da nossa pequena I.

    ResponderEliminar
  29. Muita força para si neste momento tão dificl, um grande beijinho.

    ResponderEliminar
  30. um grande beijinho com muita força minha querida...

    ResponderEliminar
  31. Não há palavras nossas que vos possam consolar, mas que a energia positiva chegue a ti e à vossa família linda.
    Amanhã será melhor e depois também... beijinhos

    ResponderEliminar
  32. Catarina, nestas alturas não há palavras que amenizem a tremenda dor que estão a sentir... nem consigo imaginar... fica o meu beijinho e abraço gigantes para a vossa família. FORÇA! Bj, Alexandra

    ResponderEliminar
  33. Catarina, um enoooorme beijinho para todos.
    Especial para si, com toda a força do mundo!!
    Sei que dói muito e sei que não há palavras que consolem, só o conforto que estamos muitas aqui consigo!!! E, fé que tudo tenha explicação e que melhores dias virão! Tenho a certeza!!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  34. Olá Catarina, já fizemos uma sessão e deixe-me dizer-lhe que a admiro muito pelo que faz, é e pela família que construiu. Um beijinho cheio de esperança porque amanhã será com certeza um dia melhor.

    ResponderEliminar
  35. Olá Catarina.
    Um beijinho e um conselho: centre-se na sua família, nos seus filhos. Eles fazem-nos atenuar sentimentos tristes. Com o tempo tudo ficará melhor.

    ResponderEliminar
  36. Catarina,

    Conheci e sigo o teu blog à pouco tempo, mas depressa me envolvi e simpatizei com vocês.
    A tua alegria, a vontade de ser mãe presente e "mais mãe", envolveu-me...

    Acho que tomas-te a melhor opção em partilhar connosco, esta é das piores perdas que podemos sentir. Não posso avaliar a tua dor, apenas imaginar e só de imaginar dói.
    Será para sempre o teu ZM e nada nem nenhum bebé o poderá substituír. Espero que se recuperem tão depressa quanto possível, também os pequenitos ficaram baralhados por certo.

    Dispõe.

    bjs grandes cheios de força
    Carla Caseiro

    ResponderEliminar
  37. Catarina um beijinho muito grande. Muita força

    ResponderEliminar
  38. Um beijinho do tamanho do Mundo, um Xi <3 muito apertado, sei q não há nada que possa dizer, estou aqui a rezar .....

    ResponderEliminar
  39. Catarina, um beijinho muito grande.Não sei o que lhe dizer, apenas para olhar pelos seus filhos e tentar redescobrir a alegria neles. Rezo por si e pelo seu anjo ZM.

    ResponderEliminar
  40. Catarina

    Não há palavras certas nestes momentos. Apenas que as orações vao para vocês, para a vossa família, para que consigam ultrapassar a dor e continuar fortes para os vossos filhos. Muita força!

    ResponderEliminar
  41. Acabei de ler este post ao chegar de férias...um grande beijinho e muita força.

    ResponderEliminar
  42. Catarina, acabei de marcar uma mini-sessão. Vim aqui para ir imaginando a linda sessão que vamos fazer consigo e deparo-me com esta triste notícia. Lamento muito a sua perda. Eu também perdi dois bebés antes da Joana, por razões diferentes... Força...O tempo amenizará a dor...

    ResponderEliminar