...

e, de repente, olhas à tua volta e só vês bebés.

O dia mais difícil de todos. O dia em que pensei: "quero ficar grávida, já". O dia em que realmente custou estar com um, dois, três bebés. O único, neste primeiro mês, que me fez vacilar na decisão de esperar um ano.

O dia em que, finalmente, me senti a fazer luto.

 

a ouvir este senhor

6 comentários:

  1. Um grande beijinho. Foi tão amorosa. No carro o V respondeu quando perguntei se tinha gostado da manhã a tirar fotografias com a Catarina "a "Cataína" é amiga!" Força, muita força e um beijinho grande

    ResponderEliminar
  2. E é assim mesmo. Há um dia que bate de uma forma diferente. fazer o luto é aceitar emoções, mesmo que contraditórias. beijo e abraço apertadinho.

    ResponderEliminar
  3. Um grande beijinho de força, amizade e pensamento positivo!!! O dia de amanhã será sempre, sempre melhor que o de hoje, e o outro a seguir ainda melhor:)

    ResponderEliminar
  4. Um grande beijinho....não é facil e ha dias em que se sente de maneira diferente mas amanhã será um dia melhor.......

    um beijinho mto grande
    Raquel

    ResponderEliminar
  5. Um beijinho, minha querida... é como a Ana Carvalho diz, o dia de amanha será melhor-
    <3

    ResponderEliminar