Tempo de




















Achei que podia fazer tudo o que quisesse. Achei que podia fotografar todas as famílias que me pediam. Achei que podia fazer projectos que fossem um elogio à maternidade. Achei que podia ser mãe de 3. Achei que podia trabalhar todos os dias da semana e todos os meses do ano. Achei que podia pintar na mesma. Achei que podia fazer tudo isto, e ainda mais, sozinha. Achei que até podia pedir ajuda, mas fiquei sem tempo para escolher. Fiquei sem tempo para responder a todos os e mails, mensagens, currículos, propostas... fiquei sem tempo para poder estar com os meus filhos, tive que sair à "bruta de casa" dezenas de vezes e deixá-los para trás a chorar. Fiquei sem tempo para o M. Fiquei sem tempo para os amigos, e acima de tudo, fiquei sem tempo para mim.
Depois de semanas atribuladas, depois desta última sexta feira de stress e ansiedade, depois de chorar ao final do dia de preocupações, cansaço e problemas imprevisíveis... tive a bênção de ter um fim de semana sem sessões por causa da chuva. Consegui parar, parar mais um bocadinho, pedir ajuda a quem me pode ajudar. Por uns tempos o M vai estar ao meu lado todas as noites a trabalhar comigo, enquanto ponho a "vida" em ordem e leio com atenção os vossos currículos, o M vai ajudar-me.

Se não descansar não posso trabalhar bem. Se não tiver tempo para os miúdos não consigo ir descansada. Se não tiver ajuda, não consigo fazer tudo sozinha.
Acho que é o que mais nos custa, a nós, mulheres. Perceber que não podemos fazer e controlar tudo. Demorou, foi preciso chegar à exaustão total, mas já consegui. Por isso começamos uma nova fase, muito melhor, de certeza!

Há clientes especiais, tenho alguns, e fico tão feliz por isso! São clientes que se tornam grandes amigos. Obrigada querida V e A, adorei poder registar mais uma vez uma altura tão feliz das vossas vidas. A todas as queridas famílias que fotografei até hoje: obrigada pelo voto de confiança!

4 comentários:

  1. A confiança é fruto de um excelente trabalho! Se precisar de uma colaboradora no Porto avise... (Sempre na expectativa de uma visita :) ) descanse, recupere forças e continue a fotografar assim!

    ResponderEliminar
  2. lindíssima reportagem.
    Ninguém é de ferro, descanse e continue o excelente trabalho, que dá gosto ver.
    Carmen

    ResponderEliminar
  3. Parabéns pelo seu blog e pelo seu maravilhoso trabalho.Gostei muito do que escreveu e de certo modo identifico-me com as suas palavras.Um grande beijinho

    ResponderEliminar