Uma paixão...





Os dias estão a tornar-se cada vez mais negros. E assim que espreito a meteorologia para a semana, assusto-me. Previsão de chuva para todo o fim de semana. Sessões penduradas, por um fio, mais uma vez. Oiço a chuva a bater lá fora, o cansaço e o desespero de tantas marcações e entregas à minha frente acalmam ao editar estas imagens. Esperança, luz, surpresa... os primeiros dias de uma boneca, que vai ter mil tios para a mimarem imenso! Parabéns queridos!
Recebi dezenas e dezenas de e mails e currículos. Ainda não respondi a ninguém. No final da semana darei notícias quanto à selecção.
Por hoje, resta-me os gordinhos a crescerem, um curto circuito que nos deixou sem luz por uma hora, quase, os contratempos, o inverno. Mas muitas graças, muitos sorrisos e malandrices.
Ontem fui raptar o gordinho à cama, quando me fui deitar. É a minha única hipótese de o "ter" para mim uns minutos, sossegada, e namorá-los. Fala tanto que nos cansa de morte. Repete tudo tal e qual como dizemos. Constrói frases giríssimas e surpreende-nos todos os dias. Canta, canta muito. Com todas as palavras, sabe de cor.
Boa noite!

Sem comentários:

Enviar um comentário