ùltimos dias de 2012

Abraços quentes, sorrisos abertos e tímidos. Beijos e olhares. São momentos únicos. Gosto de estar por lá, de vos conhecer, de sentir a vossa dinâmica. Dar espaço e dançar a vossa sessão. Gosto de saber de onde vêm e para onde vão. Gosto do sorriso verdadeiro quando chegam, de saber que vêm contentes e disponíveis. E depois... saber que chegou a altura de sair, voar para a minha vida, viver o meu mais rotineiro dia-a-dia. Viver os meus. Projetar o futuro. Pegar no computador, ver-vos de novo. Perceber que tenho tanta sorte! Gosto deste privilégio e agradeço tanto poder corresponder.

Gosto de conhecer coisas novas, abrir horizontes. Tenho grandes e bons projetos para vos dar a conhecer. A minha praia: famílias de força, famílias com estrutura, garra.  A rúbrica Mães Reais cruza-se comigo todos os dias em que passeio por Lisboa, em que imagino as viagens que tenho planeadas, e as famílias que em Amsterdão fotografei. Imagino todos os meus trabalhos e projetos reunidos num só blog. Imagino o livro, as entrevistas, as mães reais.


Das coisas que gosto é boa música carioca e fado. Por isso, das coisas que mais me acalma e me ajuda, são músicas assim, como esta.
Editar assim, com a casa silenciosa é tão, mas tão bom.

























Sem comentários:

Enviar um comentário