Carlos e Indre

Já foi antes do Verão, e ainda falta publicar alguns. Uma empatia criada em dois segundos, um casamento totalmente internacional na Capela da Memória e na Estufa Real. Foi um prazer registar estes momentos. Para sempre.

Normalmente não publico a totalidade do casamento, mas o que acho que foi o ponto forte. E sem dúvida a luz e estes jardins me encantaram.








Se fosse possível e num mundo perfeito, os meus noivos iam sempre arranjar-se em sítios com uma luz bonita, de preferência no campo, e o casamento seria sempre no jardim desde o início ao fim! I wish..


3 comentários:

  1. Este jardim me encanta :)
    Casava lá outra vez se pudesse!

    ResponderEliminar
  2. Gosto muito desse jardim; não só remonta à minha infância como ao casamento da T., que foi lindo!
    As fotografias estão muito bem, como já estamos habituados; confesso que noto muita evolução face aos primeiros. Não só na técnica como nas "coisas" que apanha; a maneira como centra ou não e desfoca à frente ou atrás, para destacar este ou aquele pormenor.

    Gosto de uma foto em especial: a da noiva encostada à parede, ambos de lado. É tão simples, espontânea e com um ar antigo...

    O vestido e acessórios da noiva adequam-se totalmente à Indre!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada querida Susana! Também me sinto evoluir muitíssimo, e com imenso controle no que quero fazer! Fico muito feliz por isso e por todas as oportunidades de crescer que me são dadas:) Obrigada por reparar!
      :) Um bj grande!

      Eliminar