Do primeiro ao terceiro


1- Claras em Castelo- modelo de casaco recém-nascido que mais gosto; 2- Ma Petite Princesse macaco de lã; 3- Mantinha cru Zara Home; 4-Aero-om e Infacol; 5- Banheira Stokke; 6- Mala maternidade Atelier da Tufi; 7- Ninho  Zara Home; 8- Aquecedor portátil


Ontem fiquei a pensar na quantidade de coisas que sei que me fazem falta para o Sebastião, coisas com que antes não me preocupava, mas depois de dois sei que são necessárias. E ficou uma pergunta: a ansiedade e preocupação deveriam ir diminuindo conforme os filhos fossem nascendo? Ou não?

Não sei se somos um bom exemplo, sempre fomos relaxados, com temperaturas, aquecimentos, bebés demasiados vestidos, correntes de ar idem, sair à rua no inverno, passear o dia todo fora de casa com um bebé (vários dias) assim como jantar fora com um bebe de 10dias. Conhecemos o infacol já no final das terrivéis cólicas da Leonor, o aero om nunca nos ajudou, e a cama dela estava sempre vazia.

Hoje dou por mim com listas mentais incrivéis, a rever situações em que me perguntava porque é que comprei isto assim e não comprei assado? A rever o que foi mais dificil quando nasceu o Xavier, e tudo o que fizemos para ele ser diferente da Leonor (no choro, a dormir, a comer...); por isso penso, será que complicamos ou descomplicamos?

Tento prever as situações, um aquecedor portátil é uma óptima ajuda na hora do banho, ou em dias exageradamente frios. Uma banheira portátil e com saída de água e levezinha ajudará concerteza quando estiver sozinha, ter já o infacol e não esperar pelos primeiros gritos, usar desde o inicio, como no Xavier. Daktarin para os sapinhos e a pomada Nutrisdin AF (a Leonor nunca teve, mas o Xavier sim, e muitas vezes); Mantinhas várias para os enrolar e aconchegar, saquinhos de sementes que se aquecem no micro ondas, para pôr no berço antes de os deitar; O ninho, que dá tanto jeito quando passamos noites fora de casa, evita a enchente de lençois, e cobertores, e para passear na alcofa;

No final penso, sim, continuamos descontraídos mas mais atentos ao que precisam, e a antever situações, para ajudar a descomplicar na altura.

33 semanas, e grandes expectativas sobre a nossa vida a partir de Fevereiro.

9 comentários:

  1. O meu bebé já está com 3 meses, e isto de ter um bebé no Inverno é sempre mais complicado, menos relaxado também, valem-me os ninhos sem dúvida, os macacões tipo peluche e o marsúpio para passear com ele aconchegado a mim quando saímos de casa. Quanto ao resto, e aquilo que não dispenso, muitas ampolas de soro, têm -me ajudado a evitar que se forme expetoração, e poucos gorros, senão quando os tiro lá vem um nariz entupido durante a noite. Depois, no que diz respeito ás cólicas, deixei de beber leite com lactose e melhoraram bastante e o biogaia também ajudou, aos 2 meses já se tinham ido. Mas eles são todos diferentes, já vou no meu segundo filho durante o Inverno e muita coisa mudou, a minha descontração principalmente e um livro que me ajudou bastante a entrar na cabeça do meu bebé e a melhorar tudo, sono, cólicas, choro...Guia para um Bebé Feliz da Gina Ford ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, muito soro e a máquina dos aerossois sempre pronta para atacar as tosses destes bebés de Inverno! Vou aceitar a dica do leite;) Um bj!!

      Eliminar
  2. As mantinhas não devem ser dr malha polar mas sim dr lã, pois as de malha polar promovem um aquecimento artificial e exagerado podendo levar ao sobreaquecimento do bebé. As de lã aquecem muito bem e deixam a pele respirar, sendo mais saudáveis para o bebe. Provado cientificamente!
    Felicidades Catarina :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Excepto se a criança tiver tendência alérgica, nesse caso, por ser de origem animal, as roupas de lã são desaconselhadas.

      Eliminar
    2. Por acaso não gosto muito de mantas polares, tenho todas em malha de algodão ou lã:) Obrigada!

      Eliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  4. Tudo o que é Zara Home Kids é um amor! Já para não falar da maravilhosa marca da Ana: ma petite princesse :)
    Por aqui ainda não há crianças, mas queremos muito que venham :) E quando chegarem, tenho a certeza que os conselhos que mais vou ouvir são os da minha mãe! <3

    ResponderEliminar
  5. A malinha de maternidade é linda, linda, linda! Amo! <3
    Por acaso nunca cheguei a comprar ninho, pois a minha sogra deu-nos um de malha que fez no tempo do pai da criança (que dava muito jeito, pois para além de o manter quentinho na cama, como era super maleável, permitia que ele "andasse ao colo" sem se destapar, como acontece com as mantas). E felizmente, também nunca precisei de ajudas para as cólicas.
    Btw, quais as vantagens dessa banheira?

    Muitas felicidades para o novo rebento. De certeza que vai ser muito feliz (e os manos vão adorá-lo!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Raquel! QUe sorte nunca ter precisado de ajuda para as cólicas:) Invejo!!
      A banheira é altamente portatil, ela fica toda plana, dobra-se! E tem saída de água, a que tinhamos do ikea era muito grande e sem saída de água ficava muito dificil de despejar e transportar sozinha; Esta é mais pequena e mais leve!:) e podemos levar de férias, etc!

      Eliminar