Ter um blogue

Há momentos em que vacilo, penso apenas uma vez, de uma forma mais imediata, sobre isto. E o resultado desse impulso é dizer "não preciso disto, não preciso de me sujeitar".

Ter um blogue é aceitar a exposição (boa e má) que vem com ele, é aceitar que nem todos podem gostar de nós, compreender ou ainda ler a verdade nas nossas linhas ou imagens.

Ter um blogue e os nossos filhos fazerem parte disso, é aceitar que existe um risco inerente a essa exposição. Que há quem acompanhe o crescimento deles como espectador saudável, e quem não o faça, seja por motivos que nem vale a pena falar, ou mesmo por ter uma vida infeliz.

Sonhadora, chamava-me a minha mãe vezes sem conta, em todas as alturas (dia-sim, dia-sim) que lhe aparecia com a expressão "tive uma ideia!" ou "mãe, e se fizessemos isto... e isto, e isto..." e se todas as pessoas pudessem ser bem intencionadas e ter mais verdade?

Insisto em viver nesse mundo, e daí não me movo. Ainda que me vá cruzando com o oposto, preciso de regressar, constantemente à "minha terra". É aqui que sou feliz, ainda que com alguma dose de ingenuidade, não seria eu.

Felizmente a minha caixa de e mails, enche-se de palavras animadoras, e de pessoas bem reais, não anónimos, pessoas que sabem exactamente o que procuram quando abrem o meu blogue e o que vão encontrar. E é isso que me esforço todos os dias por viver e registar aqui, viver uma frescura, viver os meus filhos, viver a minha criatividade, viver do meu trabalho (e não da minha exposição).

Com publicidade ou sem publicidade, com referência a marcas ou sem, com mais partilhas pessoais ou mais projectos profissionais, o Ties é o meu projecto de vida, reflecte o que vivo sem grandes filtros. E é por aí que tudo vai continuar a desenhar-se.

Este não é um post a ninguém ou a algum acontecimento em particular, é um post-desabafo. Obrigada a todos os que vêm cá, e nos leem e veem com bons olhos....:)


10 comentários:

  1. Olá Catarina!
    Sigo o seu blog há algum tempo, adoro o seu estilo de fotografia, o seu trabalho, e acho a sua família linda. Gosto da forma cândida e de coração cheio de amor com que nos apresenta os seus filhos. E "conheço-a" na vida real. Temos filhos na mesma escola, sentou-se mesmo atrás de mim com X na festa de fim de ano em Julho, não me apresentei nem lhe disse o quanto gosto do seu trabalho e do seu blog, devia te-lo feito :) Para saber que sim, há muita gente que gosta, relaxa e escapa nestas imagens, sem necessidade de muitos filtros ou sentido critico. Um blog é escapismo, para o próprio e para os que o lêem, que não o entende assim, não tem lugar aqui.
    Um beijinho, continuação de uma boa gravidez (descanse e amêndoas ;)!
    Inês Tomaz

    ResponderEliminar
  2. Eu venho com bons olhos :) adoro ver as tuas fotografias, tens uns filhos lindos :) continua por aqui durante muito tempo *

    ResponderEliminar
  3. Eu ficava triste se abandonasse o blog, mas tinha de aceitar a sua decisão.
    Não entendo e até tenho pena das pessoas que não sabem apreciar a própria vida.
    obrigada

    ResponderEliminar
  4. é assim mesmo =))
    (eu continuo sem perceber porque é que as pessoas regressam (e comentam) blogs que não gostam).

    ResponderEliminar
  5. Catarina, leio o seu blog desde que fizemos uma sessão fotográfica há um ano e tal. Adoro ler as vossas histórias. Acredito que ler algumas coisas, especialmente se afectam os nossos filhos, seja difícil, mas peço-lhe por mim e pelos restantes leitores que não desista de ter este cantinho.

    ResponderEliminar
  6. Catarina, o blog é lindo, genuíno e tal como o sentes assim o transmites, és tu e o enorme talento que tens, eu adoro !!!

    ResponderEliminar
  7. Penso muitas vezes sobre isto. Quando escrevo, às vezes tento quase sempre escrevo de forma a não ser demasiado intimo. As pessoas nem sempre nos interpretam bem. Por vezes, queremos mesmo só desabafar ou partilhar algo de que gostamos, há quem goste e há quem não goste e ainda critique. Acabo por não perceber se por falta de vontade/coragem para ter o seu espaço de partilha ou fazer algo de que goste ou se apenas para criticar o próximo.
    Gosto do seu blog. Quanto à exposição das crianças, cada pessoa é livre de fazer o que entende, eu pessoalmente não costumo expor directamente o meu filho, mas não critico quem o faz por gosto e por partilha.
    Parabéns pela simplicidade e transparência do seu blog.
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Venho todos os dias (às vezes mais que uma vez) aqui, "visitar-te", ver as tuas fotos! Gosto de tudo! E gosto de ti, sem te conhecer! Por isso, por favor continua este trabalho, que é para lá de magnífico! :)

    ResponderEliminar
  9. Faço minhas as palavras da "andorinha". Gosto sem conhecer :)
    Parabéns pelo filhos mais queridos, educados e simpáticos (moramos na mesma zona e já me cruzei convosco, um amor). A Catarina é para mim um exemplo.
    Beijinho e bom fim-de-semana
    Joana

    ResponderEliminar