Assim, tal e qual

É um bocadinho cansativo. A idade dos "porquês" já se apoderou do Xavier e raramente está calado. Não anda: corre ou salta. Não fala: grita ou canta. Mas, quando pára para me dar um beijinho esqueço-me de tudo. Pareço uma tonta que até fecha os olhos para receber aquele beijinho e depois ver estes olhos a brilhar: adoro-te mãe! Diz, e eu sei perfeitamente que me está a "comprar" para atenuar as próximas asneiras que vão fervilhando naquela cabeça. Mas o que posso fazer? adoro este miúdo. Assim tal e qual.

[fotografia da Maria Fernandes -Há Mais Marias na Terra]

Sem comentários:

Enviar um comentário