1 mês de Graça



Chegou o dia de ser "mãe solteira" de 4 filhos!

O Pai voltou ao trabalho esta semana com um brinde de 6 dias fora! Estava curiosa para saber como me ia virar. O que mais me preocupava, como a todas as mães: as manhãs e os finais do dia.

Não há grandes truques. A Graça ainda é muito pequena e todos os dias são diferentes. A única coisa que se mantém é que são as horas que mama mais vezes. A madrugada e o final do dia... muito conveniente, não é?

O único truque, não é segredo para ninguém. Manter a calma, exigir menos dos outros filhos, e só começar a tratar deles quando eu e a Graça estivermos despachadas. De manhã tenho que a mudar, apesar de não lhe vestir pijama para estar pronta a sair de casa, ela durante a noite consegue bolsar tudo, por isso é mais uma para vestir, e pôr no pano. Assim que fica instalada automaticamente esquece-se que queria era estar a mamar, e começo eu a tratar dos outros.

Não exigir, não fazer grandes planos, dia a dia, com calma. Trabalhar o que posso e sair sempre que posso para manter a cabeça arejada!

A Graça pregou-nos um susto grande. Vomitou duas vezes no mesmo dia. Estava muito prostrada e a pediatra mandou-nos levá-la às urgências, onde lhe diagnosticaram uma infecção urinária.
Felizmente não passou de uma suspeita que acabou por não se confirmar na manhã seguinte. Saímos, depois de lá passarmos uma noite, radiantes e aliviados. Fica por perceber a razão do vomitado...

Está a crescer lindamente, come muito bem, mas hoje já demos por umas cólicas, durante toda a manhã.

Parece ter os olhos azuis, mas ainda falta tanto até ficarem definidos que vamos ter que esperar.

Os manos estão cada vez mais encatados com ela, e eu também. Sinto saudades de uma vida mais solta e com menos mini pessoas atreladas a mim. Tenho saudades do meu ritmo de trabalho, mas tento não pensar nisso e concentrar-me em ser feliz (não é dificil) nesta escolha de ter mais um filho.

Tenho tantos casamentos e sessões lindas que ficaram por mostrar, com tanta pena! O tempo não é muito, e por agora celebrar e registar a minha família é mais que prioritário...

Até já!

2 comentários: