Algumas dicas para manter a dieta no Natal

Toda a gente sabe que o Natal tem costas largas. Aqueles 5kg a mais do inverno são "todos" provenientes de dia 24 e 25 de Dezembro.

Eu não sou excepção, e como alguns já repararam declarei guerra aberta aos 20kg que cá estão a mais. No instagram tenho uma nova conta, onde vão poder acompanhar este processo.

Estou a ter consultas especializadas, na clínica de nutrição de Lisboa, que desafiei para me ajudar neste caminho.

Lembrei-me que é tão importante estar focada nos dias "normais" como os especiais. Para mim todos eles têm tentações.
Seja um dia estressante, um problema, ou uma alegria, a comida tem sido uma companhia. Estou a esforçar-me muito por mudar este chip.

As minhas muletas:

1- Comer uma SOPA antes de sair de casa, ou duas!
2- Em qualquer casa servem um CHÁ, faz um bule grande e agarra te a ele!
3- Há alguns FRUTOS SECOS que podemos comer, amêndoas com pele e noz.
4-COMER PAUSADAMENTE e conversar imenso. É bom comer mas é melhor ainda aproveitar estes dias para estar com a família
5- Evitar repetir, e servir sempre muita salada e legumes!
6- Sobremesa, preferir o ananás ou o abacaxi!

Têm mais para a troca?

4 comentários:

  1. Catarina, também tenho um iô-iô dentro de mim.Compreendo o esforço do desafio que se propõe. Na minha gravidez também engordei 30kg, por cair demasiado em tentação. Aqui em casa reduzimos drasticamente o consumo de proteína de origem animal e substituimos por proteínas vegetais, tais como as leguminosas. São criaturas surpreendentes e adaptam-se à nossa imaginação com imensa facilidade. A vantagem destes pratos vegetais é que pedem imensos legumes e poucos hidratos. Uns hamburgueres ou uns croquetes de grão são o deleite de adultos e crianças. Enriquecidos com sementes e legumes e acompanhados de uns legumes salteados ou uma salada de quinoa. Comer devagar é acima de tudo um hábito. Sentir as diferentes texturas dos alimentos, o aroma, o sabor serão apenas as vantagens mais imediatas. Até me habituar a comer pausadamente, lembrava-me das palavras do meu tio quando era pequena - "Cada garfada deve ser mastigada as mesmas vezes que o número de dentes que temos na boca,para distribuir bem o trabalho".
    Hoje em dia não consigo comer depressa. Hoje em dia já é tudo mais natural.
    Boa sorte no seu desafio. Boas festas.

    ResponderEliminar
  2. http://diariodeumadietista.com/dezembro-mes-de-tentacoes/
    http://diariodeumadietista.com/dicas-para-um-natal-light/

    beijos ;)

    ResponderEliminar
  3. Gelatina, Catarina! É saudável e doce! Pode ser uma boa sugestão agora nesta época em que só apetece mesmo comer doces!
    Feliz natal e muita força, Catarina!

    ResponderEliminar
  4. Muita determinação, é isso que me falta, talvez este ano, espero que sim.

    ResponderEliminar