Um Natal mais simples, e para todos

Todos os anos chegamos à mesma conclusão: o Natal, the most wonderfull time of the year consegue ser tão complexo!

Há uma pressão enorme para os presentes: às educadoras, aos vizinhos, aos amigos mais próximos, à família, aos nossos filhos, etc. Os presentes são uma bonita maneira de reconhecermos a amizade que temos a alguém, ou um gesto de agradecimento por alguma coisa, ou momento.

É uma altura em que todos temos que nos ver e celebrar: são os jantares de Natal da empresa, os jantares dos amigos de infância, o lanche das nossas amigas mais próximas, e os próprios dos festejos dia 24 e 25. Lá em casa, devido a logísticas laborais, acabam por se arrastar entre 23,24,25 e às vezes, 26!

Ainda me sinto um pouco "filha" nestas andanças do Natal, e a minha mãe e tios acabam por ter mais peso, as compras para a Ceia e almoço de Natal ainda não são da minha "conta" nem o tempo a cozinhar.

No entanto, a saga dos presentes calha a todos. Fazemos sempre um esforço por reduzir, oferecemos apenas um presente a cada um dos nossos filhos, as nossas irmãs dão apenas aos afilhados, e combinamos com os avós darem alguma coisa especial e que lhes faça mesmo diferença.

Uma das coisas que me ajuda imenso a viver o espírito do Natal é o ambiente e a decoração. Gosto de decorar no início de Dezembro a casa e a nossa mesa. Sentir que o Natal não se resume apenas àqueles dois dias, esticá-lo o mais possível e ir saboreando.

As luzinhas, as velas, a presença da natureza: flores e plantas à mesa e em casa (assim como no estúdio). As músicas vão de quando em quando passando em voz off. Relaxa imenso e dá-nos uma dose extra de felicidade.

Vou comprando os presentes aos poucos, gostava que fosse ao longo do ano, mas como adoro dar presentes fora de época, esses nunca chegam ao Natal! Oferecer coisas úteis e bonitas é o que fica sempre em sublinhado na minha lista de notas. Vou vendo coisas aqui e ali, e quando já tenho um bom número de presentes reúno os miúdos numa sessão de pinturas, com papel pardo e guaches e deixo-os decorarem à vontade. Acaba por ser um tempo bom em família, em que eles puxam pela criatividade e relaxa-nos imenso.  Com esse papel aproveitamos e fazemos embrulhos, às vezes até seguem-se dedicatórias e esses desenhos ficam guardados para sempre.

É uma bonita maneira de dar mais sentido aos presentes, foram pensados, comprados e embrulhados por nós.

Este ano fui ao LIDL, que me tem desafiado a partilhar convosco algumas das minhas vivências do Natal e dicas para o tornar menos stressante para que possamos todos aproveitá-lo ao máximo.

Trouxe de lá algumas coisas que vale a pena ter atenção:

1- Há toda uma gama de presentes em madeira, para os miúdos: brinquedos e mais brinquedos que irão durar muito tempo de certeza! [3,99€]

2- Luzes de Natal a pilhas (ja com pilhas incluídas) para começar a criar ambiente;[3,99€]

3- Fita-cola com tema natalício para ajudar nos embrulhos:[1,39€]

4- Uma gama de acessórios para o telemovel muito gira em dourados, trouxe este cabo de alimentação mini usb que acho que vai directo para a minha carteira; [5,99€]

5- Estes stickers de Letras e números em dourado para escrever o nome nos embrulhos; [0,99€]

6- Algumas plantas e suculentas para o decor; [1,89€]

7- Suporte de velas em estrela; [0,99]

8- O novo Livro de receitas do LIDL, é sempre um presente delicioso! [7,99€]

Agora é deixar os miúdos pintar e começar já a preparar tudo!












Sem comentários:

Enviar um comentário