família























Há muita paz a chegar a esta casa e a esta família. A chegada dos 30 anos, a chegada da nossa Rosie, sentir que estamos a viver a nossa família, a gozar os miúdos, a dar-lhes atenção e tempo de qualidade, apoio, a dar-lhes pais disponíveis e menos ansiosos, menos apressados.

Já uma vez tinha escrito, vivemos dias imensamente felizes. Desloco-me como gosto, de bicicleta. Trabalho na área que adoro, tenho quem fique com a Graça e trate da casa, saio feliz e volto feliz. Estou a tratar de mim, mais saudável, com boas metas, com bons objectivos à minha frente.

Temos a nossa nova casa quase nas nossas mãos, a planta já definida e um Pinterest de sonhos (vamos ver se são possíveis)...

Há tantas coisas boas a acontecer que as menos boas deixam de ter relevância! Sentimo-nos tão agradecidos que a única solução é viver, gozar e deixar que isso contagie os miúdos. (e contagia, e muda tudo!)


[fizemos duas coisas giríssimas este fim de semana: tivemos as meninas do projecto The World By Them, que mais à frente vos falarei, e fomos ao Festival PLAY no Teatro São Jorge]



1 comentário:

  1. As suas fotos e a sua família são o maior incentivo à Natalidade!!

    ResponderEliminar