From Marrakesh

Decidimos com muito pouca antecedência que seria a viagem deste ano, que seria a Marrocos, que seria JÁ!

Foi a primeira vez que pisei este continente Africano. Marrakesh é um óptimo destino, perto (1h de avião), e lindo!

Ficamos com muita vontade de voltar, com mais tempo e uma viagem melhor planeada.

Estivemos precisamente 4 dias e sentimos que não foi suficiente, e que de carro teríamos aproveitado melhor outras cidades de Marrocos que tanto gostavamos de visitar como Chefchouen e o Atlas.

E de carro teríamos feito mais compras - isso, ou numa viagem só de miúdas, em que os homens não nos chateiam tanto com o "mais um tapete? precisas mesmo desse cesto? essas sapatas (babuchas) não vão durar dois minutos nos teus pés!"-

Chegamos domingo à tarde ao aeroporto de Marrakesh, onde ainda nos esperava uma hora e tal de fila para controlo de passaporte. Fomos enganados pelo taxista que nos pediu 250 dh [25€] alegando ser a taxa "normal" - dica: peçam ao riad ou hotel onde ficarem que vos venham buscar-

Apesar de Marrakesh ser uma cidade grande, o aeroporto é apenas a 10 minutos da Medina, e chega-se rapidamente a todo o lado. O nosso Riad era o Utopia Suites & Spa, onde nos receberam muito bem, preparem.-se para hora e meia de conversa com o Consierge, onde, acompanhados do famoso e típico Chá de Menta, nos explicou tudo sobre a cidade, apontou no Mapa os melhores sitios para jantar, jardins para visitar, os Souks e Museus. Não falhou, cumprimos e foi óptimo!

Há dezenas de miúdos e graúdos a prestar ajuda a qualquer turista que olhe, pare, ou mesmo que nada faça. Digam sempre que não, sejam simpáticos, mas não tanto a ponto de eles não vos largarem.

Fomos "apanhados" por um que nos iria ajudar no caminho de volta, mas achou que seria mais simpático contar-nos que os Berber só vinham uma vez por semana fazer o tratamento das peles (cof cof!!) e que tínhamos mesmo que assistir, era uma oportunidade ÚNICA!

Que remédio tivemos nós, já íamos a meio caminho quando percebemos, e que seguiriamos para outro Marroquino, que nos fez a visita (com máscaras de menta fresca porque o cheiro era insuportável, indescritível!) no final, claro, visita a loja, compra, não compra, paga na mesma o trabalho dos senhores, do guia, e do rapaz que lá te levou!

(não vale a pena ver o processo, é nojento, e pesquisando no google ficamos com a mesma informação) talvez tenha sido a única altura em que senti um pouco de medo, pela pressão, pelo desconhecido, e porque efectivamente fomos aldrabados e não tínhamos mais dinheiro connosco!


Passado tudo isto voltamos ao riad e parece que toda a maluqueira das ruas, das motas e bicicletas, dos Souks e dos rapazes fica para trás. Passa boa música e temos um tanque à nossa espera para mergulhar e passar a segunda parte do dia.

Descansamos um bocado e traçamos o plano. Chegar ao famoso Jardin, um restaurante lindo, onde valeu imenso a pena ir jantar!







[ Riad Utopia Suites &Spa ]












Indicações para chegar ao Jardin [importante ter reserva]!








A loucura dentro da Medina, trânsito incrível de motas e bicicletas!

fato de banho da Ros Beachwear e Freshly Cosmetics para o cabelo, sempre, para terminar o meu Detox!





Segundo dia em Marrakesh, muitos passeios, sempre a andar. Tomavamos o pequeno almoço com tudo o que tínhamos direito e só voltamos a jantar. Importante não comer fora de sítios seguros, evitar as barraquinhas de rua, para garantir que não apanhamos nenhuma gastro!! (e evitar gelo, beber sempre água engarrafada!)


 Segundo dia, visitamos a Madrassa e o Palácio.













 As famosas fotografias que ainda me dão vómitos! O tratamento das peles.. evitem ao máximo!





Ao terceiro, pegamos no carro e fomos conhecer Essaouira, na costa oeste. A medina é muito mais pequena que a de Marrakesh, e mais tranquila, o que ajudou a, finalmente fazer umas compras. Tem uma praia fraquinha, muito suja e pouco engraçada. Ficamos um dia, e se soubesse teria tirado este tempo para ficar em Marrakesh e seguir para as montanhas e cascatas do Atlas.























Último dia, e para descansar, marcamos uma noite no Dar Zarraba. A 10 minutos de Marrakesh, um alojamento local, lindo, com animais, casa construída com terra (taipa), foi mesmo bom!










 Ficamos a querer muito voltar, com os nossos filhos mais velhos, de carro e com mais tempo para conhecer mais cidades!

;)







2 comentários:

  1. Que fotos lindas, lindas (como sempre) :)
    Obrigado pela partilha! Sem dúvida alguma que vou reter as dicas que deu :) Vou 7 dias, e irei fazer uma tour que termina no deserto do Saara, ansiosaaa :)

    ResponderEliminar
  2. também já fui a marrakech e adorei! E para fotografar é um destino lindíssimo. Adorei as tuas fotos. Parabéns*

    ResponderEliminar