NEWSLETTER

© 2017 by Ties. Proudly created by JLDesign

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon

//

A ressaca da Graça e os nossos planos de Verão

December 4, 2017

Esta saída a dois, para ela representou dois dias e duas noites, fizeram me voltar aos tempos em que ela mamava e não queria saber de mais nada na vida. Chorou os dois dias, as duas noites e pouco comeu. Foi quase uma ressaca, ou uma greve, vá.

 

Nunca passei muito tempo seguido longe deles, o máximo foram 5 dias. 

Não apenas por minha escolha, mas porque quando se tem muitos filhos o peso deles fica para alguém, e porque financeiramente fica muito caro fazer viagens por muito tempo. Por mim até os levava comigo, mas aí tornava-se mesmo inviável viajar. Os quartos em duplicado, as refeições, os transportes...

 

Como temos alguma facilidade, pela profissão do Miguel, acabo por ir tendo algumas oportunidades de fugir de casa, como ele, e por um ou dois dias estar noutro país, com poucos custos associados. Sabe sempre bem, mesmo muito! 

 

Andamos a planear uma viagem mais longa, talvez até longa demais, com os 6.

Mas cada vez mais imagino que também não seja viável. 

O motivo é simples e legítimo. Nos nossos trabalhos a época alta é o Verão, o que implica muitos fins de semana em trabalho enquanto os miúdos estão de férias. Passar férias a 6 nunca aconteceu, e sentimos muito a falta de estarmos só nós.

 

Em Agosto passamos na Ericeira, e eu já pouco trabalho aceito para esse mês. O Miguel vai e volta, trabalha e passa lá as folgas. Tenho a minha mãe e o meu pai e nalgumas semanas as minhas irmãs, e passamos sempre uma óptima temporada -juntamente com todos os amigos e tios que todos os anos se juntam na mesma praia.

Mas, às vezes apetecia-me mais, ou diferente. 

 

Setembro começa a abrir com a escola, as rotinas regressam muito depressa, o tempo escasseia e querer viver devagar e gozar tudo com calma parece uma anedota daquelas valentes!

 

A nossa ideia era: Julho e Agosto, numa viagem de carro pela costa da nossa península Ibérica. Eu não estou a aceitar trabalhos, o Miguel pode pôr uma licença sem vencimento. E como se financia isto? Alugamos a nossa casa? Fazemos contas e contas e parece simplesmente inviável.

 

Mesmo que isto acabe numa descida da Costa Alentejana durante uma semana ou duas... :) já vai saber muito bem.

 

Vamos pôr um plano em marcha!

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

NEWSLETTER

​ÚLTIMOS POST

November 12, 2019

Please reload

SOBRE NÓS

Olá, sou a Catarina! Tenho 31 anos, cresci e vivo em Lisboa, esta cidade linda que nos faz imensamente felizes.

4 filhos bons, muito bons. A primeira aos 23, e a última nascida aos 29.

LER MAIS >

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon

ARQUIVO

INSTAGRAM

Please reload

WORK

TRAVEL

FAMILY

LISBON GUIDE

MOTHERHOOD

KIDS

BRANDS

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon