Ter mais filhos?

April 24, 2018

Nos últimos dias, em que tento recuperar o mais possível e manter alguma serenidade, deu me para ver arquivos antigos. Fotografias dos meus bebés. 

 

Há algum tempo que digo com alguma segurança que sinto que chegou agora de arrumar "a casa". Estabilizar, aproveitar e tentar gozar e acompanhar os meus quatro filhos. 

 

Para mim, que gosto muito de estar grávida e adoro o recém nascido, é sempre um desafio ver o último filho crescer e aguentar o barco. 

 

Por outras palavras. Até estava grávida ano sim ano não. 

 

O que o tempo nos faz é trazer alguma maturidade e capacidade de olhar de fora para a nossa vida. Afastar e ver melhor. 

 

E o que vejo é muito, muito bom. Apesar de não o sentir em todos os momentos, e de todo o stress da logística diária me afastar desse ponto de vista. 

 

O que vejo é muito bom e enche me as medidas. 

 

Sou muito pouco racional no que toca a ter filhos. Adoro os e acabou se. Quero os e mais nada. Acho que vou ser capaz e todos nos ajustamos. Claramente a Graça foi um bebé que me ajudou a perceber como nos tínhamos "esticado" nesta generosidade. 

 

Ter muitos filhos é uma bênção enorme mas também um desafio que nem sempre conseguimos entender até eles começarem de facto a crescer e a terem necessidades muito específicas. 

 

Eu sinto que não chego a todos, e tenho muito tempo para eles. Sinto que falho, que há necessidades de atenção muito especiais e que não há maneira de dar vazão. Há alturas melhores e outras piores, como em tudo na vida. 

 

A Graça foi uma óptima última filha, em que já vivi a gravidez contando com isso, assim como o pós parto. E isso ajuda muito, não me arrependo de todo o tempo que tirei do meu trabalho, dos meus projectos, para viver o primeiro ano dela. 

 

Assim como não me arrependo de a ter a meio tempo na escola e passar todos os dias duas horas a tarde só com ela. É uma miúda muito confiante e sei de onde isso veio. Pelo menos em parte :) 

 

Eles estão a crescer muito enquanto turma, tribo, grupo, irmãos. E muito giro observar as dinâmicas. 

 

Estou feliz e serena com esta conta de 4. Com os meus dois rapazes e as duas raparigas. E finalmente consegui domar a vontade de engravidar. 

 

Estará sempre lá, mas agora há um lado racional muito importante. 

 

E a frase que nunca pensei dizer: mais um? Deus me livre!! 

 

 

😏

 

 

Vêem a cara da Graça? É um Deus me livre. Mais um bebé para a colecção. 

 

O meu afilhado Joaquim. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

NEWSLETTER

​ÚLTIMOS POST

Please reload

SOBRE NÓS

Olá, sou a Catarina! Tenho 31 anos, cresci e vivo em Lisboa, esta cidade linda que nos faz imensamente felizes.

4 filhos bons, muito bons. A primeira aos 23, e a última nascida aos 29.

LER MAIS >

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon

ARQUIVO

INSTAGRAM

Please reload

WORK

TRAVEL

FAMILY

LISBON GUIDE

MOTHERHOOD

KIDS

BRANDS

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon
NEWSLETTER