NEWSLETTER

© 2017 by Ties. Proudly created by JLDesign

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon

//

Nem sei que título dar.

August 2, 2018

8:50 a sair de casa com os 4.

Sozinha, nesta querida vila que adoramos, prontos para as compras que nos faltavam.

 

Sentia me orgulhosa e tranquila. Ainda não eram 9 da manhã, estava tudo em paz, organizado e todos felizes.

A caminho da praça, levamos o nosso atrelado para sentar os mais novos e levar as compras.

Praça, legumes, fruta e talho.

Abastecemos e voltamos radiantes para casa, munidos de tudo o que precisavamos para os próximos dias.

A Leonor e o Xavier ajudavam nos sacos e a pagar enquanto eu geria a macacada dos mais novos e as embirraçoes dos pés que tocam aqui e ali e do: oh mãe a Graça bateu me.

 

Chegamos a casa e reparo que temos o pneu do atrelado completamente em baixo.

Penso, OK, temos a bomba não há de ser nada.

 

Subimos e não há electricidade.

Seca. Ia fazer sopa e Hambúrgueres.

Uma manhã passada nas compras para não as aproveitar.

 

Vá. Os percalços não passam disso mesmo e ando a trabalhar a minha resiliência.

 

Aproveito para fazer saladas, saímos para encher o pneu. Nada feito. Um furinho.

É isto que mais me chateia nas bicicletas, uma vida toda a contar com elas e falham tanto!

 

O atrelado faz de carrinho também. Por isso sem atrelado ninguém tem boleia para a praia.

 

Estava feita. Eu e o meu ombro. Lancheira a tiracolo, Graça às costas, Sebastião na mão e toda uma ginástica que agora o meu corpo me diz: cat? Que se passou hoje que isto não está nada bem?

 

O caminho para a praia ainda é longo e cheio de carros, estradas, as vezes sem passeio.

 

Acho que levamos uns 40 minutos a chegar.

 

Tivemos sorte no meio de tanto azar, os avós e os primos vieram passar o dia, mais olhos na praia mais braços, mais tudo! Parecia tudo a alinhar se.

 

Até ter perdido o sebastião a caminho de casa ao final do dia. 10 longos minutos. Salva por uma seguidora do blogue que o reconheceu e me procurou. Obrigada mundo!

 

 

De facto, há dias malucos, mas sempre uma razão para agradecer! 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

NEWSLETTER

​ÚLTIMOS POST

November 12, 2019

Please reload

SOBRE NÓS

Olá, sou a Catarina! Tenho 31 anos, cresci e vivo em Lisboa, esta cidade linda que nos faz imensamente felizes.

4 filhos bons, muito bons. A primeira aos 23, e a última nascida aos 29.

LER MAIS >

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon

ARQUIVO

INSTAGRAM

Please reload

WORK

TRAVEL

FAMILY

LISBON GUIDE

MOTHERHOOD

KIDS

BRANDS

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon