NEWSLETTER

© 2017 by Ties. Proudly created by JLDesign

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon

//

Actividades extra-curriculares?

October 18, 2018

Vou ser muito franca: os meus filhos hoje em dia não fazem actividades extra curriculares.

 

Já houve alturas em que fizeram, por necessidades pontuais: por exemplo: há 3 anos a Leonor e o Xavier não sabiam nadar e fizeram natação duas vezes por semana durante dois meses. A Leonor também fez ballet durante 2 anos, era uma actividade que ela gostava muito. (era literalmente à porta de casa e por isso não estragava as dinâmicas do resto da família)

Isto é das coisas que tenho mais pena, mas muitas vezes sinto que é um exagero no  tempo semanal, eles ficam exaustos e os meus finais de dia com os 4 complicam-se a um nível surpreendente se tiver que andar a distribuir e a recolher (na bicicleta ou mesmo se fosse de carro) até às 8 da noite os mais velhos nas actividades e os outros a reboque.

 

Muitas vezes troco impressões com algumas mães ou professores e as sentenças são as mesmas: é importante para gastarem energias e para enriquecerem o currículo.

Será?

 

O Xavier em desespero diz-me: Não me posso portar mal em casa, não me posso portal mal na escola... então, onde me posso portal mal? (isto tem a sua graça, mas ele tem uma certa razão, onde é que ele pode estravazar?)

 

[ele e a Leonor já tentaram o Judo mas passadas 4 aulas desistimos - pela dificuldade na assiduidade e porque eles não se estavam a adaptar bem] na verdade não os quero ensinar a desistirem, mas também não quero obrigar a estarem num sítio onde claramente não estão bem.

 

 A escola traz já uma carga horária mais que suficiente, senão até, exageradamente exaustiva. Vejo-os cansados, muitas vezes irrequietos em sala (segundo professores) e nem fazem nada depois das 18h. Cá em casa temos sentido a necessidade de dar jantares às 19h para os deitar com calma às 20h e apagar a luz às 20.30h. 

 

Isto tem ajudado muito a que eles efectivamente adormeçam cedo e descansem e tenham por fim um dia mais produtivo.

 

Se eu ainda tentasse que fizessem alguma actividade como seria isto possível?

 

Cada vez mais os mais velhos pedem para ficar mais tempo na escola depois do lanche, querem estar mais tempo com os amigos, brincar mais. 

 

Questiono-me muito sobre esta escravatura dos pais às actividades dos filhos... tenho pensado, eles também precisam de crescer, saber o que querem e quando tiverem capacidade para se comprometerem e irem sozinhos, ir!

 

Mas... sempre a pensar nisto, as famílias são todas diferentes assim como as necessidades. Talvez para o ano já haja uma dinâmica diferente com os mais novos mais crescidos.... será?

 

Beijos,

Cat

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

NEWSLETTER

​ÚLTIMOS POST

November 12, 2019

Please reload

SOBRE NÓS

Olá, sou a Catarina! Tenho 31 anos, cresci e vivo em Lisboa, esta cidade linda que nos faz imensamente felizes.

4 filhos bons, muito bons. A primeira aos 23, e a última nascida aos 29.

LER MAIS >

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon

ARQUIVO

INSTAGRAM

Please reload

WORK

TRAVEL

FAMILY

LISBON GUIDE

MOTHERHOOD

KIDS

BRANDS

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon