NEWSLETTER

© 2017 by Ties. Proudly created by JLDesign

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon

//

Uma família na cidade

June 22, 2019

Ontem contava-vos nos stories do Instagram como tem alturas em que é mais difícil gerir a ausência de pai aos fins de semana.

 

Estava especialmente cansada, por imensas coisas, física e psicologicamente. Já sabemos, todas temos fases mais intensas, e também sabemos que os miúdos reagem logo a este impacto do nosso humor/ disponibilidade.

 

Coincide também com esta fase de perder peso e estar comprometida e focada em terminar este processo até chegar à manutenção. E de realizar que a maior dificuldade não é a de todos os dias, a da rotina, a dos dias de semana, mas sim as alturas em que estou sozinha com eles ao fim de semana. Parece que instalei uma necessidade de programas ligados à comida para sobreviver com eles. 

E vocês dizem-me: então instala programas de comida mais saudável! Tudo certo, mas ainda não estou nessa fase, em que posso comer desde que seja mais saudável :) Essa fase chegará com a manutenção do peso :)

 

Depois de todos estes pequenos desabafos, partilhas de ideias, e abraços de empatia (de cá para esse lado e desse lado para aqui) resolvi que não ia ficar em casa.

 

A verdade é que foi um fato de banho que vi no instagram que mexeu comigo: amanhã tiro as teimas e vou lá com os miúdos ver como me fica.

 

Assim foi. Ainda pensei fazer um tour de eléctrico mas os miúdos preferiram apanhar o metro para mais perto de casa, almoçar e ir ao parque.

 

No meio destes passeios, reparamos que o Jardim Constantino continua péssimo para se estar. Pessoas a dormir, sujo, baloiços estragados, ambiente estranho. Ainda há tantos por fazer em Lisboa para que se possa viver melhor na cidade. Não só as famílias.

 

Ao ver estas fotografias do dia de hoje achei que eles cresceram, não há carrinhos em lado nenhum, estão uns senhores e umas senhorinhas, tranquilos (qb) o suficiente para serem semi independentes nos transportes públicos, não ser preciso zangar muito para que façam atenção (muito - quando é preciso o eco no metro faz-me parecer histérica) percorremos alguma Almirante Reis e senti-me orgulhosa por sair com os 4 sem carrinho nem grandes dramas e ainda conseguir aproveita-los. (diga-se, olhar para eles e vê-los, assim de fora como quem admira a sua obra).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

NEWSLETTER

​ÚLTIMOS POST

November 12, 2019

Please reload

SOBRE NÓS

Olá, sou a Catarina! Tenho 31 anos, cresci e vivo em Lisboa, esta cidade linda que nos faz imensamente felizes.

4 filhos bons, muito bons. A primeira aos 23, e a última nascida aos 29.

LER MAIS >

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon

ARQUIVO

INSTAGRAM

Please reload

WORK

TRAVEL

FAMILY

LISBON GUIDE

MOTHERHOOD

KIDS

BRANDS

  • Black Facebook Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon